31 de dez de 2010

Bem vindo - 2011


FELIZ ANO NOVO
em todas as Línguas

Africanês: Happy New Year
Albanês: Gëzuar Vitin e Ri
Alemão: Glückliches neues Jahr
Árabe: سنة جديدة سعيدة
Armênio: Շնորհավոր Նոր Տարի
Arzerbaijano: Yeni iliniz mübarək
Bielo-russo: З Новым годам
Búlgaro: Честита Нова Година
Catalão: Feliç Any Nou
Chinês: 新年快乐
Coreano: 새해 복 많이
Croata: Sretna Nova godina
Esloveno: Srečno novo leto
Espanhol: Feliz Año Nuevo
Estoniano: Head Uut Aastat
Finlandês: Onnellista uutta vuotta
Francês: Joyeux Nouvel An
Galês: Newydd Dda
Grego: Ευτυχισμένο το Νέο
Húngaro: Boldog Új Évet
Inglês: Happy New Year
Irlandês: Athbhliain faoi
Italiano: Buon anno
Japonês: 明けましておめでとうござい
Persa: سال نو مبارک
Polonês: Szczęśliwego Nowego Roku
Sérvio: Срећна Нова Година
Sueco: Gott Nytt År
Tailandês: สวัสดีปีใหม่
Turco: Yeni Yılınız Kutlu Olsun
Ucrânio: З Новим роком
Vietnamita: Chúc mừng năm mới
Yiddishi: גליקלעך ניו יאָר

Português: FELIZ ANO NOVO

7 de dez de 2010

Trabalhos de Alunos 2º ao 5º ano


Alunos da Rede Pública Municipal atuante na Zona Rural.

Todas as atividades foram desenvolvidas dentro de uma ótica Piagetiana construtiva; este ano de 2010 foi o primeiro contato com o computador em 90% dos alunos. 

Foi desenvolvido um trabalho de treinamento e aprendizagem de todas as ferramentas em software livre de imagens, dos quais cito: Kolourpait / Tuxpaint.

Dentro de uma expectativa de 100% foi atingido os resultados em 85% dos alunos. A avaliação foi exercida sobre a temática da criatividade e expontaneidade do aluno.

27 de nov de 2010

Novo Linux Educacional 4.0


Principais Modificações:


* Limite de memória relaxado para tornar o wine funcional;
* Traduzida tela principal do networkmanager;
* Configurado Grub;
* Corrigido locale padrão;
* Configurados alguns serviços do KDE;
* Traduzidos textos de boas vindas;
* Adicionado aMSN;
* Adicionado menu do wine;
* Removidos pacotes para entrada do le-extra;
* Alterada versão do sistema para rc3;
* Foram feitas alterações para diminuir o tempo de carregamento e
também para alterar o tamanho da edubar de acordo com a resolucao do
monitor;
* Adicionada verificação de erro de instalacao, permitindo correcão
automática em situações onde a instalação foi interrompida antes do término; 
 
* Corrigido o problema de reabrir a última sessão em caso de fechamento abruto; 
* Arrumado conflito entre le-interface e le-help
* Adicionado opções para o menu do botão direito na Área de trabalho;
* Arrumado script de detecção de computadores com placa VIA;
* Mudanças no Menu LE;
* Arrumado problema de recuperação de sessão do Firefox
* Adicionado novas configurações do kdm.

25 de nov de 2010

Ferramentas de Internet

 
Ferramentas de Internet

 
  Todas as ferramentas de internet usadas no EAD são extremamente importantes, mas destacarei os “FÓRUNS”.

    Nos Fóruns encontramos uma forma prática de podermos nos comunicar como se estivéssemos em sala de aula e que não requer nenhum tipo de conhecimento técnico (específico) para sua aplicabilidade. Além do que, a interatividade que encontramos nos Fóruns é exatamente o que falta para que o curso á distância fique completo.

   Mas o que está faltando para que os fóruns sejam utilizados corretamente é a aplicação de regras de utilização, como por exemplo: quantidades de participações, volume do conteúdo, contextualização nos questionamentos, enfim, os Fóruns é uma das ferramentas de internet que não só os cursos á distância mas também as formas de discussão nas outras redes sociais.

  Quando falamos em TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) temos que ter a conscientização que os novos paradigmas tecnológicos aplicados á Pedagogia e a Educação possuem fortes influências e as ferramentas de internet também são parte integrante desta mudança e para todos nós discentes e docentes em Computação temos como obrigação propagar, multiplicar nossos conhecimentos á todos que estão ao nosso redor.

    Enfim, a interatividade e cooperação são adjetivos inseparáveis num curso á distância pelo EAD.

13 de out de 2010

Adolescentes X Drogas

    
    Nos dias atuais as drogas tem tomados posição de destaques para vários estudiosos e pesquisadores na área. E para nós professores este assunto ainda é um paradigma a ser vencido. Até porque existem ainda muitas barreiras para entrar neste assunto sem que haja algum atrito. Por outro lado, o adolescentes com sua crise de identidade em alta; não deixa espaço para que nós possamos debater ou até mesmo ajudá-lo. Ajuda essa, que muitas vezes em casa nem se quer é ofertada.
    Veja numa entrevista exclusiva concedida ao Portal do Professor com a Psicóloga e Pedagoga Wânier Aparecida Ribeiro da UFMG relatando ações e a postura deste adolescente diante das drogas. LEIA MAIS...

10 de out de 2010

Projeto " WEBFÓLIO "


Módulo de Acolhimento
Curso: Licenciatura em Computação
Tutora: Angélica Aparecida Venancio Villar
Pólo: Bicas -MG
Aluno: José Ailton Gonçalves Adriano

Projeto Webfólio


Webfólio - O Webfólio, também pode ser chamado de um Portfólio que é uma coleção de todo o trabalho em andamento numa organização relacionado com o alcance dos objetivos do negócio ou estudo. Toda organização ou instituição tem um portfólio, mesmo que não reconheça especificamente. 
 
No dia 19/06/2010, tivemos a felicidade de estar participando da aula inaugural do curso de Licenciatura em Computação, foi um momento único, com a presença de várias pessoas ilustres, tais como Reitor, Coordenadores, Tutores, Técnicos e Nós (estudantes); a estrutura da Universidade foi nos apresentado, assim como, toda a programação do curso.
Em seguida no dia 28/06/2010, iniciamos no Momento 1Abrindo Caminho. Tivemos varias atividades a ser executadas, dentre elas: participação em Fórum; leituras de Texto; tarefas práticas e a Atividade 1, tendo como função o Relato da trajetória.
As atividades se estenderam pelos outros Momentos e foi ganhando uma complexidade maravilhosa. 
No Momento 2Traçando o caminho na EaD – as atividades no Fórum ficaram mais enriquecidas pelos nossos comentários sobre a Gestão do Tempo e graças aos textos sugeridos conseguimos executar as Atividades Prática pelo Google Apps e o Fichamento.

No Momento 3Quando se conhece a história se caminha melhor – mais uma vez com a ajuda incontestável dos textos e nossa participação no Fórum, que teve a participação de nossa tutora, relatando a alegria e a satisfação em participar de nossa turma e mais uma vez sempre nos motivando ás realizações das atividades e se colocando disponível para quaisquer esclarecimentos que tivermos. A tarefa prática: Pesquisa na Web, nos possibilitou mostrar o quanto estamos tendo de entendimento sobre o conteúdo apresentado e solicitado.

No Momento 4Um bom caminho se faz com boas ferramentas – onde se completava nosso 1° mês (19/07/2010), construímos o início de nosso Glossário, que com certeza será muito útil á todos nós, pois muitas palavras, nós falamos mas não sabemos ao certo seu significado.
No Momento 5Na EaD é impossível ser feliz sozinho – por isso, a formação dos grupos dinamizou as ações e a interatividade entre os alunos, e serviu para aumentar ainda mais nossa habilidade com o computador e a internet. Até porque, a criação do Projeto Colaborativo (Blog), foi uma atividade inteligente, pois podemos apresentar publicamente todas as atividades que estamos desenvolvendo.

Por fim, este Webfólio e a Avaliação final, onde, simplifiquemos tudo que aconteceu nesta fase inicial. Estou muito feliz de fazer parte deste grupo e desta instituição, assim como, a participação de nossa tutora nos apoiando e motivando no engajamento na realização das atividades.

Referências Bibliográficas:

Adriano, José Ailton G., Projeto Webfólio, ano: 2010, CEAD – UFJF Curso Licenciatura em Computação, http://ailtonadriano.blogspot.com

8 de out de 2010

Currículo, Projeto e Tecnologia




          Após a execução do trabalho pude perceber que os alunos obtiveram um grande aproveitamento com as atividades envolvidas. Pois, as atividades foram qualitativas tendo elas em vista a observação do ambiente e a visualização de vídeo e com isso, pesquisa se tornou mais atraente e interessante. 
         Foi levantado várias questões e curiosidades sobre o conteúdo proposto, o que possibilitou um entendimento sobre o objetivo central do projeto. Trabalhar com esse projeto ficou mais coerente e as questões mais elaboradas, onde podemos planejar com antecedência o que vai ser dado e dentro das matérias curriculares como Português, Matemática e Ciências pode-se produzir textos, estatísticas e reflexões. 
          Isso se tornou visível e atrativo na turma onde o projeto foi realizado, o resultado foi de maneira satisfatória, onde a aplicabilidade de recursos tecnológicos como internet e vídeo, foi um diferencial para se alcançar os resultados.

Projeto: "ABC da Natureza"


Justificativa

- Importância da preservação ambiental a discussão e a reflexão sobre a ação humana diante da natureza.
- Realidade percebida na escola como, torneiras abertas nos banheiros lixo jogado no chão.
- Maltrato de animais.

O que sabemos?
  • Importância de cuidar do planeta
  • A importância da reciclagem de lixo
  • Animais que estão morrendo por causa da destruição das florestas.
  • Aprender maneiras práticas sobre como cada aluno e demais pessoas possam contribuir realmente para diminuir o desperdício de água, energia elétrica, reduzir o consumismo, etc.

O que queremos aprender?
  • Como transformar lixo em adubo.
  • Não poluir.
  • Cuidar melhor da natureza.
  • Cuidar melhor do planeta, compreendendo a interdependência existente entre os seres vivos.

Como vamos aprender?
  • Observação fora do ambiente escolar.
  • Pesquisa na Internet sobre formas de vida.
  • Apresentação em Vídeos.
  • Confecções de textos coletivos.
  • Aplicação do projeto dentro do currículo escolar aperfeiçoando o Português, Matemática e Ciências
  • Utilização do Computador como uma ferramenta de aprendizagem e pesquisa.

Referencial teórico


Objetivo geral

Compreender, respeitar e valorizar a natureza como parte integrante e agente de transformação do mundo em que vivemos.

Objetivos específicos

  • Valorizar a importância da água e utilizá-la de forma correta.
  • Reconhecer a importância das árvores e dos animais e a necessidade de cuidar através do lema: Plante, Preserve e Cuide.

Metodologia

Este projeto foi desenvolvido de forma interdisciplinar e vivenciado possibilitando atividades práticas e vivências de pessoas no meio em que convivem esses alunos.
Foram desenvolvidas diversas atividades, entre elas reflexões a partir de situações do cotidiano, vídeos, pesquisa via internet e produção textual.

Duração

4 aulas de 4 horas

1º Momento

  • Iniciamos a aplicação do projeto a ser desenvolvido. Nos reunimos para discutir como seria aplicadas as atividades dividindo tempos e horas para a aplicação de cada atividade. Também foi discutido os recursos a serem utilizados, os materiais que irem gastar e modo de como será aplicado cada atividade.

2º Momento
  • Iniciamos a coleta os dados fazendo investigações em sala de aula como o nome do projeto. O que eles já sabem. O que eles querem aprender. Dentro de nosso cronograma as atividades serão realizados a partir do dia: 29/09/2010.
3º Momento
  • A saída dos alunos da sala, para observação direta do ambiente em torno da escola visualizando os diferentes elementos que o compõem nosso planeta. Como continuidade, observação pelos alunos do trajeto de suas casa até a escola, para posterior debate em classe. O debate e a troca de idéias ocorreram em classe sob a orientação da professora, incentivando as comparações diferenciadas observadas. Os registros das suas observações foram através de desenhos e produção de texto coletiva associando a vida na fazenda, incentivando os alunos a perceber a interdependência entre os diferentes seres vivos e demais elementos que compõem o meio ambiente.
4º Momento
  • A partir das curiosidades dos alunos sobre diferentes animais organizou-se uma pesquisa na internet e vídeos disponibilizados na própria escola, as buscas geram em torno dos nomes conhecidos e nomes científicos, como nascem e se reproduzem, o que comem, as características do corpo, tempo médio de vida, etc. Um dos vídeos assistido pelos alunos foi o filme “Vida de insetos”.

Avaliação

A avaliação ocorreu de forma processual e continua. Quanto ao alcance dos objetivos propostos há que considerar dos alunos o interesse pelas atividades devido a pesquisa ter sido realizada por via internet e a mudança de sua postura frente as questões do meio ambiente.

16 de set de 2010

Uso das Tecnologias no Currículo

 

A utilização de novos recursos tecnológicos, de hipótese alguma, poderá ser vista como uma forma negativa de melhorar a aprendizagem dos alunos, até por que já temos provas o bastante que tudo que é “lúdico” atrae e agrada; com isso, nós docentes temos sim que abraçar esta causa como uma mudança de paradigma nacional e mais ainda, precisamos ter cautela e engajamento na conduta para que possamos cada vez mais atrair novos adeptos para nosso time.
No que diz respeito as atividades curriculares tradicionais, não vejo o porque mudar o que está sendo feito, o que precisamos é adaptar a forma como são feitas estas tarefas, uma vez utilizando os computadores os alunos terão uma nova fonte de pesquisa para esclarecer as dúvidas que muitas vezes, nós professores achamos que elas deixaram de existir com nossos ensinamentos mas na realidade a dúvida de juntou à outras já armazenadas no cérebro do aluno. Enfim, as atividades curriculares ficaram enriquecidas om o apoio que o computador e a internet tem a oferecer.
Quando falamos em mudanças, acredito que haverá muitas, algumas positivas outras negativas mas devemos ter a consciência que o trabalho tem que ser feito, apresentado e a partir dos resultados alcançados é que conseguiremos quebrar as barreiras que ainda resistirem. Quando enxergamos o docente, como pessoa, meu ponto vista a mudança será radical, pois sairemos do marasmo de uma sala de aula, para uma sala de aula virtual, lúdica, atraente e participativa.
Ainda é cedo para darmos respostas concretas sobre resultados em aprendizagem, mas eu vejo resultados impressionantes à frente.
É claro que teremos alguns desafios extras, tais como, prender a atenção dos alunos no foco do tema proposto, uma vez que muitos deles, trarão curiosidades pessoais, cotidianas para dentro da sala e ai sim o docente terá que aplicar algumas regras de limites para não perder o objetivo do trabalho. Regras estas que poderão até se incluir penalidades quanto ao uso dos computadores, restrições à sites, assim por diante.
A criação de potencializações de nossas aulas, exigirá do docente conhecimento constante sobre tudo que acontece na rede. Até por que as mudanças na internet não acontecem de décadas em décadas e sim a todo momento. Por isso, teremos que ficar antenados e levar esses acontecimentos para debater juntos com os alunos e tomas suas opiniões a respeito. Através desta atitude, construiremos uma educação mais “madura”, e preparada qualquer discussão que no futuro este aluno se deparar.

Contribuições das Tecnologias



Em minha pouca experiência de sala de aula, nestes últimos 12 meses, foram realizados 3 projetos; 2 projetos aplicados na Zona Urbana e 1 projeto realizado na Zona Rural, no município que atuo; eu posso descrever este último projeto como uma experiência fascinante e merece uma reflexão. Foi uma atividade relativamente simples mas que surtiu um resultado positivo e enriquecedor para os alunos e para toda a escola.
O projeto teve como objetivo central a “Navegabilidade na internet e a criação de um videoclipe a ser postado em Blog da escola” ( http://emcapivara.blogspot.com ), também recém-criado na rede mundial de computadores.

O público-alvo foi os alunos do 5° ano do Ensino Fundamental, Zona Rural, crianças pertencentes a famílias de baixa renda, tendo a agricultura familiar como meio de subsistência, seus comportamentos em sala de aula são um tanto agitados, e, o grupo possui 14 integrantes (5 meninos e 9 meninas).
No decorrer de toda atividade foi possível notar momentos de alta atenção, momentos de dispersão, momentos com necessidade de desenvolver os trabalhos em grupos, outros momentos com o sentimento de competição (individualismo). No entanto, todos estavam cientes que o resultado só poderia ser alcançado se tivéssemos a participação do grupo.
Mesmo dividindo o grupo em 2 partes (A e B) não perdemos o foco e o grau de coesão grupal.
Por serem crianças de Zona Rural não possuidoras de conhecimentos detalhados das mídias tecnológicas existentes (computador + internet), a mente deles estavam sempre atentas as instruções passadas, porém, com o caminhar das aulas aos poucos foi nascendo a curiosidade em navegar em sites paralelos. Nos últimos 10 minutos de cada aula foi deixado que as mesmas pudessem explorar estas curiosidades, dentro de uma limitação rígida de contexto. A facilidade de compreender a utilização de teclas de atalho para a realização de nossas atividades foi impressionante. E, quanto a outra etapa do projeto que era o manuseio de uma câmera filmadora com o propósito da criação de um videoclipe, tendo como objetivo estimular o lado perceptivo da criança sobre as coisas ao seu redor; foi inacreditável os resultados. Uma vez que, podemos notar que algumas delas focavam as lentes nas imagens de interesse pessoal, outras na paisagem ao redor da escola, outras ainda o próprio comportamento dos colegas e até a idolatria aos trabalhos feitos pelos alunos de séries superiores à deles.
Enfim, a conclusão que posso tirar teste trabalho, que quanto maior o número de informações disponíveis em nosso meio, maior será o grau de interesse em particionar, explorar os detalhes destas informações. Sendo que, quanto menor o número destas informações, menor será o interesse em aprender, conhecer, podendo até chegar a nenhum interesse.

22 de ago de 2010

Reflexão sobre Entrevista com Lucas Ciavatta


Dentre as 7 questões realizadas com Lucas Ciavatta, destaco alguns pontos que servirão de grande exemplo e motivação para nós professores e multiplicadores do saber.
O profissionalismo, segundo Ciavatta, é uma conseqüência da postura que o professor deve ter já dentro da sala de aula, para ai sim, conseguir alcançar os objetivos a serem propostos. A crença “que de vale a pena esforçar para aprender”, é vista como um comportamento de autoconfiança, bem definido pelo psicológico do professor.
A Disciplina e a Criatividade, também deve estar em evidências em nossas atitudes, pois, não basta ter idéias, e sim, saber colocá-las em prática.
Estimular o bom censo e a motivação para enfrentar os desafios, deve estar injetados em nosso ser. E que dia-a-dia tenhamos o discernimento para desenvolver e repassar todo o nosso saber aos alunos.


Referências Bibliografias:
http://portaldoprofessor.mec.gov.br, Tecnologias na Educação: Ensinando e aprendendo om as TIC’s, Unidade 3 – Prática Pedagógica e Mídias Digitais, pgs. 119 á 121 – Entrevista com Lucas Ciavatta.
http://www.educacaopublica.rj.gov.br/jornal/materias/0157.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal
http://www.google.com.br/

4 de ago de 2010

Produtos e Objetos do Portal do Professor




“Produtos e Objetos do Portal do professor”

Título: Matemática na música: Mostrar a relação direta entre música e matemática. Assim como tantas descobertas realizadas por Pitágoras, destaco a apresentada no vídeo (link), onde, Pitágora associou a música à matemática através do MONOCORDIO. Que através de uma simples atitude matemática de divisão da corda, poderíamos conseguir sons diferentes. Com isso, ele descobriu a relação que a matemática tem com a música influênciado simplesmente pela fracionamento da corda.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=25342
Título: Educação ambiental 2: Possibilitar que o aluno adquira conhecimentos acerca da preservação do meio ambiente, desenvolvendo também a conscientização ambiental. Lugar do LIXO é no LIXO. Não devemos ignorar as atitudes hipócritas de pessoas que só pensam em si mesmo.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=19694

3 de jul de 2010

Execução da atividade planejada



Descrição do projeto

Execução das atividades planejadas

Objetivos

Interagir com a tecnologia, acessando hipertextos para conhecer e familiarizar-se com a navegação adotando uma postura de busca de conhecimentos necessários à serem utilizados no seu dia a dia.


Etapas

Os recursos utilizados foram os Computadores com acesso á Internet.

Características da turma

O trabalho foi desenvolvido com os alunos das 5° ano do ensino fundamental da escola municipal do ensino fundamental de São Miguel do Anta capivara zona-rural. A turma foi dividida em 2 grupos e os alunos se posicionaram em grupos nos 5 computadores existentes.


Descrição de como se desenvolveu

A proposta de atividade “A praticidade e a navegabilidade na internet”, fazia parte do que foi conduzida pelos professores: José Ailton e a professora Maria Aparecida Cipriano que conduziram as etapas de apresentação de aula prática e o professor José Ailton, professor de informática, também orientou os alunos no desenvolvimento das atividades propostas envolvendo a tecnologia de hipertexto.
Os professores fizeram um levantamento oral, ou, uma retomada dos conhecimentos prévios dos alunos sobre “Internet”
O professor acrescentou informações sobre o assunto convidando-os a assistirem documentários em vídeos sobre internet. Após a exibição dos vídeos, a professora conduziu uma rica discussão sobre o tema, o que suscitou alguns relatos de experiência de conscientização.



Resultados obtidos

Foram usadas 50 minutos aula no laboratório de informática para dar início ao trabalho e poderem tirar as dúvidas. O restante do trabalho, conforme acordado com os alunos, seria realizado fora do horário das aulas, em casa ou em turno inverso na escola. Não poderiam deixar de prestar atenção no cumprimento das datas de entrega para correção e depois, para as apresentações.






Conclusões

A questão A praticidade e a navegabilidade na internet de maneira muito interessante e dentro da visão dos alunos, pois tanto na escola quanto na sociedade em geral é proporcionado aos alunos uma visão no contexto social e que está presente em todos os momentos do seu cotidiano. Consideramos que conseguimos atingir os nossos objetivos porque, além dos alunos terem realizado o que nós havíamos proposto, eles extrapolaram com suas contribuições, enriquecendo a proposta.

Referências Bibliografias:

http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal
http://www.google.com.br/

29 de jun de 2010

O que é Hipertexto?

Internet

A internet desde 1969 é uma das ferramentas mais utilizadas no mundo da informática. Os americanos a introduziram utilizando-a como armamento bélico e posteriormente aplicando a ela uma infinidade de funções comerciais. O mundo abraçou a ferramenta, porém, adotaram novas formas de utiliza-la, uma delas o entretenimento. Hoje temos, ORKUT, MSN, TWITTER, FACEBOOK, JOGOS ONLINE e muitos outros sites para comunicação em massa e de diversão (jogos, etc.).
Não sabemos ainda qual será o destino da internet, o que sabemos é que a grande idéia foi transformada um grande problema. Por isso, é fundamental que saibamos utilizá-la de forma consciente e inteligente.

Percepções ao Navegar com hipertextos

Minha reflexão sobre as percepções ao navegar com hipertextos, vão muito além das 250/300 palavras aqui citadas.
O texto eletrônico depende de uma tecnologia emergente, sujeita a constantes transformações; a boa utilização do hipertexto passa por um conhecimento da máquina para que sejam devida e corretamente explorados os seus recursos - um certo conhecimento da gramática da tela que oriente a escrita para que seja mais adequada ao meio que a torna possível.
Entendemos, porém, que, muito mais do que uma simples enumeração de vantagens e problemas há que se usar o argumento de uma reflexão sobre o hipertexto, o qual se apresenta não só como uma nova forma de produção e transmissão cultural, mas também de escrita e leitura, para se repensar alguns aspectos da própria educação.
Outro aspecto fundamental do hipertexto é sua eficiência no planejamento e desenvolvimento de cursos à distância, facilitando a informação a estudantes localizados nos mais distintos pontos. Finalmente hipertextos tornam realidade a abordagem interdisciplinar dos mais diversos temas, abolindo as fronteiras que separam as áreas do conhecimento.

20 de jun de 2010

USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

O vídeo assistido: “O uso dos recursos tecnológicos na prática pedagógica.” Nos apresenta numa fração de segundos, um resumo do que o uso das tecnologias em nossa prática pedagógica são importantes. Pude observar que, destes recursos visuais ou sonoros, poderemos obter um grande resultado na aprendizagem de nossos alunos, uma vez que, toda apresentação de forma lúdica, tem a atenção garantida dos alunos. Até porque as formas de obter informações, pesquisas, não se limitam mais somente aos livros, revistas e jornais, e sim, através da internet, rádio, televisão, etc.

Nós professores temos que se aprimorar no uso destas tecnologias e explorá-las em sala de aula ou até mesmo, fora da sala de aula, que também não deixa de ser outra forma de recurso para a prática pedagógica.


Fonte de pesquisa:

http://eproinfo.mec.gov.br/webfolio/Mod83219/pg12.html
http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/173815Edu-digital.pdf

TECNOLOGIAS E MÍDIAS DIGITAIS NA ESCOLA

Fichamento

No projeto “História do Computador”, foi aplicado á todas as crianças do ensino fundamental da rede municipal dos seguintes anos 3° ao 5° ano.
Teve-se como principal objetivo, proporcionar aos alunos um conhecimento sobre toda a história dos equipamentos de informática, deste os primeiros equipamentos, gigantescos, até os atuais netbooks, palms, ipods.

A pesquisa foi realizada por intermédia da internet e coleta de informações junto a biblioteca.

Todos os trabalhos poderiam ser entregues escritos em papel almaço e/ou digitados em papel sufite tamanho A4, ou, até mesmo ilustradamente em cartolinas.

O trabalho foi muito bem aceito pelos alunos e realizados com grande entusiasmo.

O resultado foi positivo tendo a participação de 95% dos alunos e ao final uma apresentação foi realizada pelas turmas dos alunos do 5° ano.

Tecnologias existentes na escola

Sou professor em 3 escolas municipais, onde, estão localizadas em situações diversas, tais como:

• Zona Rural
• Zona Urbana Central
• Zona Urbana Periferia.

O que tenho como informação delas e seguinte:

• Zona Rural: Possuem 5 Computadores para 110 alunos, possuem internet via satélite, uma biblioteca com livros alguns materiais pedagógicos.
• Zona Urbana Central: Possuem 11 Computadores para 300 alunos, possuem Data show, possuem TV via satélite, TV/Vídeo, internet banda larga, possuem biblioteca somente com livros.
• Zona Urbana Periferia: Possuem 5 Computadores para 200 alunos, possuem Data show, possuem TV/Vídeo e internet banda larga, possuem biblioteca muito bem equipada com material pedagógico + livros.

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

Minha reflexão sobre a Educação e a introdução de novas ferramentas de tecnologias como novas formas de auxiliar a aprendizagem dos alunos.

Podemos compartilhar que, é fundamental que o professor tenha a plena consciência em procurar se aprimorar, conhecer e se juntar aos outros profissionais para que a interação conjunta de todas as áreas que possam somar conhecimentos poderá de uma forma ou outra contribuir para a melhoria de nosso ensino.

A TIC, sem sombra de dúvida, é o ponto inicial para essa mudança de paradigma educacional. Não quero que hipótese alguma deixe a Família fora deste sistema, pelo contrário, é fundamental que a mesma seja inserida neste novo contexto e que também possa nos auxiliar, simplesmente acompanhando e verificando junto ao aluno seu progresso.


Fonte de pesquisa:

http://www.tvebrasil.com.br/salto/livro/2sf.pdf http://br.youtube.com/watch?v=szNSCKIQnWY.

TECNOLOGIA E NOVOS MEIOS PEDAGÓGICOS DE ENSINAR

A nova ferramenta de ensinar “o computador”, pode ser a grande alternativa que nós professores da época contemporânea encontraremos para tentar reduzir dos índices de falta de atenção e aprendizagem em sala de aula. Uma vez que, é necessário que os órgãos públicos e privados desenvolvem métodos e estratégias de capacitar os profissionais de educação.

Nos dias de hoje, o professorado, ainda se encontra em meio alienados a essas novas ferramentas, visto que, os métodos pedagógicos tradicionais não trabalham alto estima do profissional; e com isso, está cada vez mais baixa, é importante salientar que, para que a nova ferramenta tenha resultado, é fundamental que possamos trabalhar em conjunto, onde o professor de informática será mais uma alternativa de podermos melhorar os índices de aprendizagem.

Não podemos esquecer de ressaltar, que, para que as aulas de informática tenham resultados é fundamental a participação de todos, aplicando um trabalho em conjunto. Onde, a direção, a secretaria, a família e os professores possam sanar as grandes desigualdades existentes entre nossos alunos.

No contexto da educação, verificamos que temos, talvez, as soluções para uma parte dos problemas, já no contexto da informática, temos que analisar e procurarmos tirar todas as dúvidas existentes e somar os conhecimentos para que possamos criar métodos lúdico-pedagógicos, afim de facilitar a assimilação da matéria.

A informática aplicada nas escolas, não deve ser vista como um treinamento técnico profissionalizantes, isto para os anos iniciais, uma vez que a criança precisa aprimorar seus conhecimentos com a linguagem, a escrita, o raciocínio lógico, a formação de opinião, etc., a informática que estamos falando, é aquela que irá auxiliar o professor em seus trabalhos, proporcionando ao aluno um prazer em estudar.

Impressões sobre experiências em navegação

Internet

A internet desde 1969 é uma das ferramentas mais utilizadas no mundo da informática. Os americanos a introduziram utilizando-a como armamento bélico e posteriormente aplicando a ela uma infinidade de funções comerciais. O mundo abraçou a ferramenta, porém, adotaram novas formas de utiliza-la, uma delas o entretenimento. Hoje temos, ORKUT, MSN, TWITTER, FACEBOOK, JOGOS ONLINE e muitos outros sites para comunicação em massa e de diversão (jogos, etc.).
Não sabemos ainda qual será o destino da internet, o que sabemos é que a grande idéia foi transformada um grande problema. Por isso, é fundamental

11 de jun de 2010

TIC's - eProinfo

Sejam todos BEM-VINDOS ao meu BLOG.

Informática
Educação
Tecnologia


Estou a disposição para esclarecer e receber dúvidas.

VOLTEM SEMPRE !!!