10 de jul de 2011

Redes Sociais: O que esperar delas?



       As Redes Sociais é uma realidade em nossa sociedade, mas o que não foi questionado ainda é o impacto social e lingüístico que será criado. Quando falamos em "Censura", as redes sociais não aplicam qualquer tipo de restrinção. Os usuários falam o que pensam e o que querem e muitas vezes esses textos transmitem a imagem brutal do "Cyberbulling". Fatos atualmente tão comentados e questionados em todas escolas do país.

          Por outro lado, temos vários fatores importantes e positivos com a utilização das Redes Sociais, uma delas é a Interação entre os usuários do mundo todo. Proporcionando a globalização lingüística e o compartilhamento de ideias, com isso, todos tem a oportunidade de expressar seus sentimentos e pensamentos sobre os diversos assuntos: Comercial, Serviços, Tecnológicos, Educacionais, Profissionais e muito mais.

        Muitas pessoas aproveitam deste canal para se aproveitar das fragilidades em que as pessoas se encontram e em contra-partida aproveitam para usar sua capacidade de Influenciar as pessoas com suas ideias e tentar manipular atitudes. Outra utilização negativa da "REDE" é a propagação de "Vírus" simplesmente com o objetivo de prejudicar o outro que está do outro lado da "rede". É fundamental que os usuários tenham esse conhecimento e que não confie 100% em todos; não é uma foto bonita ou meia dúzia de palavras bem colocadas, retratam os verdadeiros interesses das pessoas.

            O que devemos fazer é simplesmente, "Previnir" e procurar utilizar as redes sociais para compartilhar coisas que possam contribuir com sua personalidade, seja profissional ou pessoal. 

             Muitas empresas hoje já estão canalizando as informações postadas nessas redes para identificar o perfil ideal para atuar profissionalmente. 

             Lembre-se que o Marketing Pessoal, o Boca-a-Boca, ainda é uma grandiosa ferramenta de apresentação de seus valores e potencialidades.

"Use as Redes Sociais para se apresentar e não se aparecer."

Nenhum comentário:

Postar um comentário